Regulamento do Torneio

 

1 – No dia 15 de Junho, terá lugar a recepção e alojamento das equipas participantes.

2 – No dia 16 de Junho, realizam-se os jogos da 1ª Fase, que ordenarão as classificações nos respectivos grupos.

2.1 – Nesta 1ª Fase as equipas ficarão divididas em grupos, da seguinte forma:

. Sub 12- Nascidos em 2005/2006 – Infantis
. Sub 11- Nascidos em 2007/2008 – Benjamins
. Sub 10- Nascidos em 2009/2010 – Traquinas

2.2 – Durante a 1ª Fase, será utilizado o sistema de todos contra todos dentro de cada grupo, sendo atribuído os pontos da seguinte forma:

. Vitória – 3 pontos
. Empate – 1 ponto
. Derrota – 0 pontos

2.3 – Em todos os escalões, ficarão apurados para a 2ª Fase, os dois primeiros classificados de cada grupo. As restantes equipas disputarão os jogos para ordenação de classificação.

2.4 – Em caso de empate nesta 1ª Fase, os critérios de desempate são os seguintes:

I – Maior número de pontos entre as equipas empatadas.
II – Maior número de vitórias obtidas.
III – Maior diferença de golos obtida entre os golos marcados e sofridos.
IV – Maior número de golos marcados.
V – Menor número de golos sofridos.
VI – Sorteio através de moeda ao ar, na presença de um representante de cada equipa.

3 – No dia 17 de Junho durante a manhã, terá inicio a 2ª Fase do torneio, com a disputa dos jogos das meias-finais e jogos de honra (ordenação de lugares) dos respectivos grupos.

3.1 – Escalões de Sub 12 (Infantis), Sub11 (Benjamins), Sub 10 (Benjamins).

– Os quartos classificados de cada grupo disputarão entre si o 7º e 8º lugar.
– Os terceiros classificados de cada grupo disputarão entre si o 5º e 6º lugar.
– Os primeiros classificados de cada grupo, jogarão com os segundos classificados do outro grupo, as meias-finais do escalão:
– Os vencedores das meias-finais disputarão a final do escalão durante a tarde.
– Os vencidos das meias-finais jogarão entre si, para disputar o 3º e 4º lugar durante a manhã.

4 – No dia 17 de Junho durante a tarde serão disputadas as finais dos vários escalões.

5 – Na 2ª Fase, meias-finais, finais e jogos para ordenação de lugares, em caso de empate, serão marcadas grandes penalidades do seguinte modo:

– Serão marcados 5 penaltis por cada equipa, vencendo a que obtiver mais golos. Os penaltis serão marcados pelos jogadores constantes da ficha de jogo.
– Se persistir o empate, será marcado um penalti alternado por equipa até surgir a desigualdade. Os penaltis serão marcados pelos jogadores constantes da ficha de jogo.

6 – Cada equipa é composta até 14 jogadores.

7 – Cada delegação participante é responsável pelos diversos seguros, de Acidentes Pessoais e /ou de Responsabilidade Civil dos seus jogadores e acompanhantes.

8 – As equipas de arbitragem são convidadas pela organização.

9 – Para permitir uma melhor análise, os números dos jogadores deverão ser sempre os mesmos que estão indicados no boletim de Inscrição do Torneio

10 – Para as equipas participantes é obrigatória a apresentação do Cartão de Cidadão / Bilhete de Identidade ou Passaporte, dos atletas participantes.

11 – É interdita a participação às equipas que não satisfaçam os artigos 2.1 e 10.

12 – Os jogos vão ser disputados em campos de relva sintética (Complexo desportivo da Estação) e/ou campos de relva natural (Complexo Desportivo da Covilhã).

13 – Tempo de jogo por escalão:

Sub 12 – duas partes de 20 minutos com um intervalo de 5 minutos.
Sub 11 – duas partes de 15 minutos com um intervalo de 5 minutos.
Sub 10 – duas partes de 10 minutos com um intervalo de 5 minutos.

14 – A bola utilizada para todos os jogos são é a bola nº 4.

15 – As leis de jogo do torneio são aplicadas de acordo com o Regulamento da Federação Portuguesa de Futebol.

16 – A lei do fora de jogo aplica-se só no escalão de Sub 12 e só se aplica entre a linha de fundo e o prolongamento da linha da área de grande penalidade paralela à linha de baliza e desde que um jogador atacante esteja mais perto da linha de baliza do que a bola e o penúltimo adversário.

17 – Disciplina:

a) A acumulação de dois cartões amarelos no mesmo jogo terá como consequência a expulsão do jogador. Restantes implicações da expulsão serão analisadas pela comissão organizadora.
b) Em caso de expulsão por amostragem de vermelho direto, o caso será analisado pela comissão organizadora

18 – Todos os casos omissos ao presente regulamento que ocorram durante a realização do torneio serão analisados primeiro de acordo com o Regulamento Oficial das Provas da Federação Portuguesa de Futebol e em última instancia pela comissão organizadora do torneio.

19 – A Comissão Organizadora, reserva-se o direito de poder alterar o número de equipas e de grupos.